Órgãos públicos do Piauí devem ter câmeras para medir temperatura corporal.


Os órgãos públicos estaduais poderão instalar câmeras termográficas em suas dependências, é o que dispõe o Projeto de Lei (PL) elaborado pelo deputado Severo Eulálio (MDB) e apresentado no Plenário da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) nesta semana. A proposta será discutida pelas comissões técnicas da Casa.

O texto prevê que dispositivo capaz de monitorar a temperatura corporal seja instalado em, por exemplo, estabelecimentos penitenciários, policiais e bancários. Caso a câmera termográfica constate sinais de febre em alguma pessoa nestes locais, ela deverá ser isolada até receber atendimento médico adequado. Segundo o parlamentar, a intenção é que a medida evite a propagação e os efeitos do novo coronavírus (Covid-19). Na proposta, que ainda precisa ser aprovada pela maioria dos deputados e sancionada pelo governador Wellington Dias (PT), Eulálio lembra que a administração estadual tem autonomia para legislar sobre a saúde.



“Torna-se premente estabelecer mecanismos de enfrentamento à pandemia, dentre os quais se destaca a presente proposição, consubstanciada na instalação de câmeras termográficas em órgãos públicos, notoriamente reconhecidos como propícios à formação de aglomerações”, defende o emedebista na proposição. Se efetivada, os órgãos públicos no estado também deverão estabelecer procedimentos de triagem e controle do fluxo de pessoas em suas instalações, de uma forma a possibilitar que a câmera termográfica consiga fazer a captura das informações.



Portal o dia