Piauí mantém saldo positivo na abertura de novas empresas em 2020


De janeiro a agosto de 2020, cerca de 3.414 novas empresas foram criadas no Piauí, enquanto outras 1.649 encerraram suas atividades no mesmo período, um saldo positivo de 1.765 estabelecimentos. Os dados são da Junta Comercial do Estado (Jucepi), divulgados nesta quarta-feira (16).

Apesar de manter este índice desde o começo do ano, a Jucepi chegou a registar uma queda brusca no mês de abril, quando os impactos econômicos causados pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19) se intensificaram. “Os meses de maio, junho e julho foram de recuperação e, em agosto, tivemos 601 empresas abertas, sendo o melhor número até agora, e 262 baixas”, explica Alzenir Porto, presidente do órgão, que também destacou os setores que mais registraram abertura de novos negócios.
.



“O Piauí tem vocação para o comércio e serviços, setores que num primeiro momento foram afetados pela pandemia, mas o empresariado piauiense é resiliente e criativo. Na crise, procurou se reinventar e explorou novas possibilidades de negócios, como as redes sociais e comércio eletrônico”, completou a gestora.

Outro ponto observado é quantidade de alterações cadastrais dos estabelecimentos comerciais no estado, como mudanças de natureza jurídica, endereço, atividade econômica, aumento ou redução de capital, entrada e saída de sócios, dentre outras mudanças no cadastro da empresa.