Empresário interrompe cobrança de alugueis durante fechamento do comércio em Piripiri.


A pandemia novo coronavírus impactou drasticamente a rotina da população mundial, refletindo, consequentemente, nos setores econômicos, de saúde, industrial e de ações governamentais. Visando diminuir os riscos à própria população da contaminação, medidas foram tomadas, como a suspensão das atividades comerciais consideradas não essenciais, no período de quarentena. No município de Piripiri, o empresário Leonardo Bezerra não ocorrerá a cobrança de mais dos cerca de 30 imoveis localizados no centro de Piripiri, onde há empresas instaladas, referente aos mês de abril e maio. Houve somente a continuidade de duas empresas que seguem funcionando, por serem consideradas serviços essenciais. Segundo o empresário, a suspensão de cobrança ocorrerá até durar o fechamento do comércio.

"Todo contrato busca um equilíbrio entre as partes. Neste momento, há um decreto governamental suspendendo o comércio. Não seria justo que nós, enquanto parte de desse equilíbrio, quiséssemos receber valores por parte de quem sequer está arrecadando. Enquanto durar a pandemia e tiverem que manter seus comércios fechamos, nós não vamos receber um centavo de seus alugueis", disse.


Piripiri Reporter







 

NOTÍCIAS